Meu humor



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, NITEROI, Mulher, Portuguese, English



Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Conteúdos educacionais
 Tecnologia e Educação
 Caldeirão de Idéias
 TV-Escola
 Educação/Atualidades
 Educar
 Paulo Freire
 TICs no universo escolar
 Portfolio do meu amigo Anthony
 Para alunos
 To enhance your English
 Improving my English
 Ensineducamix




Blog de nschenka
 


Ministro da Saúde alerta para risco de epidemia de dengue no país

GABRIELA CANSECO
DO RIO

O ministro da Saúde, Alexandre Padilha, durante caminhada contra a dengue no Rio neste domingo, afirmou que há um risco real de epidemia da doença no país e que é preciso se antecipar ao surto.

"Temos um resultado positivo em 2011, com redução de 56% nas notificações de dengue no Brasil, mas isso não significa que reduzimos o risco real de epidemia", disse Padilha.

A campanha de mobilização reuniu no Rio associações de catadores e de reciclagem, líderes comunitários e profissionais de limpeza urbana. Segundo o ministro, a ação está percorrendo 16 Estados que apresentam alto risco de dengue.

Durante o evento, Alexandre Padilha ressaltou a importância da participação da sociedade, já que o mosquito transmissor "tem se adaptado ao dia a dia da população".

De acordo com dados do último levantamento do LIRAa (Índice Rápido de Infestação por Aedes aegypti), divulgado em dezembro de 2010, a cidade do Rio e mais 18 municípios do Estado estão em situação de alerta. Entre 1% e 3,9% dos imóveis pesquisados apresentaram infestação por larvas do mosquito. 

A última atualização de dados da prefeitura do Rio, na sexta-feira (4), mostra 663 casos de dengue no primeiro mês do ano. O número corresponde a 597% de aumento em relação ao mesmo período de 2010, quando foram registrados 111 casos. Em janeiro de 2011, a taxa de incidência da doença foi de 10,5%.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Hans Dohmann, número elevado de notificações este ano está relacionado à volta do vírus tipo 1 da dengue ao Rio. No entanto, ele descarta a existência de um surto.

"O número de suscetíveis a contrair a doença ainda é bem contido. Para se ter uma noção, em janeiro de 2008, ano da epidemia, tivemos 12 mil casos registrados na cidade", explicou Dohmann.

A Secretaria Municipal de Saúde acredita que a tendência ainda é de aumento no número de casos da doença, com pico em março. A estimativa é que haja uma redução somente a partir de abril.

fonte: http://www1.folha.uol.com.br/cotidiano/871483-ministro-da-saude-alerta-para-risco-de-epidemia-de-dengue-no-pais.shtml



Escrito por nschenka às 21h49
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]