Meu humor



Meu perfil
BRASIL, Sudeste, NITEROI, Mulher, Portuguese, English



Arquivos

Votação
 Dê uma nota para meu blog

Outros links
 UOL - O melhor conteúdo
 BOL - E-mail grátis
 Conteúdos educacionais
 Tecnologia e Educação
 Caldeirão de Idéias
 TV-Escola
 Educação/Atualidades
 Educar
 Paulo Freire
 TICs no universo escolar
 Portfolio do meu amigo Anthony
 Para alunos
 To enhance your English
 Improving my English
 Ensineducamix




Blog de nschenka
 


E a Vida, o que é?

Ainda sob a luz das estrelas, embalada pelo Universo, descortinando memórias de um

eterno aprendiz, retomo o tema.

 Ah meu Deus! 
"E a vida! E a vida o que é?
Diga lá, meu irmão?

Ela é a batida de um coração
Ela é uma doce ilusão...
Mas e a vida
Ela é maravilha
Ou é sofrimento?
Ela é alegria
Ou lamento?
O que é? O que é?
Meu irmão...

Há quem fale
Que a vida da gente
É um nada no mundo
É uma gota é um tempo
Que nem dá um segundo...

Há quem fale
Que é um divino
Mistério profundo
É o sopro do criador
Numa atitude repleta de amor..
.

Você diz que é luta e prazer
Ele diz que a vida e viver
Ela diz que melhor é morrer
Pois amada não é
E o verbo é sofrer...

Eu só sei que confio na moça
E na moça eu ponho a força da fé
Somos nós que fazemos a vida
Como der ou puder ou quiser...

Sempre desejada
Por mais que esteja errada
Ninguém quer a morte
saúde e Sorte sorte...

E a pergunta roda
E a cabeça agita
Fico com a pureza
Da resposta das crianças
É a vida, é bonita
E é bonita...

Viver!
E não ter a vergonha
De ser feliz
Cantar e cantar e cantar
A beleza de ser
Um eterno aprendiz...

Ah meu Deus!
Eu sei, eu sei
Que a vida devia ser
Bem melhor e será
Mas isso não impede
Que eu repita
É bonita, é bonita
E é bonita...

Viver a beleza de ser um eterno aprendiz. E assim...
Vou catando um cadinho disto ou daquilo e...


Escrito por nschenka às 14h48
[] [envie esta mensagem
] []





O início de 2010 me arremessou pelo mundo da investigação. Encontrei o universo, depois de algumas leituras de infinitas dimensões nas quais estou bem incipiente e, como não podia deixar de ser, bastante encantada. Tanta magia, tanto fantástico, tanta informação, tanto conhecimento... Boquiaberta, sem muitas perguntas para equilibrar tanto volume, massa, velocidade, galáxias de descobertas e saberes, desperto vagarosa e conscientemente o âmago da minha essência para seguir estável, tranquila, feliz, sem alices ou coelhos. Alices e coelhos são extremamente importantes, mas não são únicos nas histórias. Ao contrário, fazem parte dessa complexidade, naturalmente, insimplificável.

Realidades, fantasias, imaginação, ciência, pesquisa. Essa é a palavra. Isso é um caso. Ou devo dizer acaso,  nesta hora, ou ocaso. Provavelmente, uma certeza. A de existir. A de sentir o ar, a água, a terra. A de ser na criação do Universo. A de estar no todo, em frente de um computador com todas as chances de ir além, brecar, semear, colher, florescer... Daqui em diante para me encontrar, vou selecionando etapas e ilustrando campos mentais, fatos, estudos, pois só percebemos à medida que formos capazes de compreender. Os limites de nossa percepção são gerados pela limitação de nossa capacidade de compreensão.  Apenas para começar, as tiras de Veríssimo nos convidam a pensar:

As cobrinhas e o sentido do Universo


* Fonte: VERISSIMO, Luis Fernando (1997:58).

AS COBRAS EM: SE DEUS EXISTE, QUE EU SEJA ATINGIDO POR UM RAIO.

Porto Alegre: L&PM, 164p.

Imagem abaixo: Obra do pintor mexicano Jorge Cárdenas Aceves (Kok), intitulada

"Via Lactea... donde estamos..."


Não é o ouroboros, mas é como se fosse... No entanto, trata-se de uma certa galáxia.

Desta vez, uma galáxia muito especial

porque é a nossa - é nela que habitamos, dançamos e vivemos a vida... Via Láctea.

* Fonte: VERISSIMO, Luis Fernando (1997:7).

AS COBRAS EM: SE DEUS EXISTE, QUE EU SEJA ATINGIDO POR UM RAIO.

Porto Alegre: L&PM, 164p.

GARFIELD & O OUROBOROS DA VIDA 

VIVER É ESTAR SEMPRE COM ALGUM TIPO DE FOME

* Fonte: DAVIS, Jim. GARFIELD EM GRANDE FORMA (Garfield at large).

Coleção Pocket, Garfield vol.1. Porto Alegre, L&PM, 2005:21.



Escrito por nschenka às 21h26
[] [envie esta mensagem
] []



 
  [ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]